Brasil

Financial Services 

A prática de Financial Services da KPMG presta serviços de Audit, Tax e Advisory para os setores de bancos, seguros, gestão de investimentos e imobiliário.
Feature image

Ricardo Anhesini

 

Head of Financial Services and Markets 

 

 +55 11 2183-3000

 

 rsouza@kpmg.com.br

Nossos profissionais reúnem profunda experiência na indústria, resultado da combinação de conhecimento, com a execução prática de projetos nas mais relevantes instituições financeiras do nosso mercado.

 

Por meio do Global Client Program, nossas firmas-membro atuam para coordenar a prestação de serviços globais, alinhando nossa equipe à estrutura de nossos clientes, seja em um país específico, região particular ou abordando uma necessidade global. A KPMG no Brasil reproduz essa prática com o Programa de National Accounts.

 

Nossas equipes multinacionais de Financial Services são lideradas por sócios que acumularam vasta experiência em clientes internacionais e relacionamentos com diversos dos principais players de mercado, agências reguladoras e principais órgãos da indústria.

 

Nosso foco principal é o de endereçar as demandas correntes do mercado. Em recente pesquisa junto a nossos principais clientes globais, os seguintes temas tem se mostrado como relevantes para a indústria:

 

  • Desempenho – no cenário atual, é importante para qualquer empresa de Financial Services propiciar rendimentos sólidos e consistentes em uma gama de indicadores. Para responder a essa demanda, desenvolvemos produtos e abordagens de negócios com foco no gerenciamento de custos, excelência operacional e otimização de modelos operacionais e de negócios.

 

  • Crescimento versus “right sizing – a dimensão perdeu importância na escala de comparatividade de performance, porém, a massificação e a expansão em negócios rentáveis, ainda representa um importante driver de crescimento. Fusões e aquisições, expansão geográfica, carvout’s de desenvolvimento de produtos, vendas cruzadas e retenção de clientes, são todas estratégias vitais a se considerar.

 

  • Governança - em uma indústria fundamentalmente envolvida com o gerenciamento de risco e que é estreitamente observada por um leque de agências reguladoras globais, nacionais e estaduais, uma boa governança corporativa, com sólidos controles internos e gestão eficiente de riscos, é vital em todas as partes do negócio.