Brasil

Detalhes

  • Tipo: Press release
  • Data: 7/3/2013

Mulheres na liderança da KPMG 

O número de mulheres que ocupa altas posições na empresa aumentou 15% nos últimos anos.

Nos últimos cinco anos, aumentou em 15% o número de mulheres que alcançaram cargos de sócia e diretora na KPMG no Brasil. A ocupação de posições de liderança pelas executivas é um dos objetivos do KNOW (KPMG’s Network of Women), grupo de mulheres líderes da KPMG, que é composto por 48 sócias e diretoras da empresa e tem como principal objetivo valorizar a atuação e a integração das mulheres à empresa.

 

O trabalho de ampliar o espaço das mulheres dentro das empresas vem sendo feito desde a criação do KNOW que tem como objetivo disseminar o papel da mulher no mundo corporativo e discutir a questão da presença delas no ambiente de trabalho e de negócios. A KPMG também incentiva a participação feminina em todos os setores e cargos da empresa. Essa evolução começou em 2011 quando o número de funcionárias mulheres começou a aumentar gradativamente e hoje alcança 44% do total de funcionários.

 

A decisão de incentivar a liderança das mulheres na KPMG no Brasil antecipa uma tendência já é uma realidade que vem sendo colocada em prática por companhias no mundo todo. Recentemente, a União Europeia divulgou que pretende exigir que as empresas, com mais de 250 funcionários, cotadas em bolsa reservem 40% dos cargos não executivos em seus conselhos para as mulheres até 2020. Quem não cumprir a decisão, poderá ser multado ou proibido de assinar contrato com as empresas do bloco.

 

Sobre o KNOW

 

O KNOW tem a missão de posicionar a KPMG como Employer of Choice para as mulheres, incentivando seu desenvolvimento na carreira, rede de relacionamento com lideranças corporativas, bem como a participação em outros grupos de mulheres. Aqui no país, ele busca estimular que um número cada vez maior de profissionais venha a ocupar posições de liderança na organização.

 

Entre as iniciativas do grupo está a inauguração, no ano passado, de duas salas de apoio à amamentação que funcionam dentro da firma em São Paulo e servem como centros de apoio às mães recentes, que retornam ao trabalho após a licença maternidade. O KNOW desenvolve outras iniciativas como o Programa de Apoio à Maternidade, pelo qual uma executiva integrante do grupo fica responsável por acompanhar a gestante desde o início da gravidez até o bebê completar um ano, para dar orientações e auxílio para o desenvolvimento de sua carreira e para conduzir da melhor forma o período de adaptações necessárias à nova fase de vida, como mãe e profissional.  Além disso, a empresa está desenvolvendo um projeto de mentoring para as executivas, na condução de um processo estratégico no desenvolvimento de suas carreiras profissionais.

Press Release -  

Cadastre-se agora

Cadastre-se para selecionar os conteúdos de seu interesse e receba atualizações automáticas dos últimos artigos e publicações da KPMG no Brasil.  

 

Já é assinante? Faça o seu Login.  

 

Ainda não é assinante? Cadastre-se.