Brasil

Detalhes

  • Tipo: Press release
  • Data: 18/2/2013

Fusões e aquisições de empresas de internet 

Número de transações cresceu 124% em 2012, sendo o terceiro segmento que mais concentrou operações no período.

As fusões e aquisições envolvendo Empresas de internet (também conhecidas como “ponto com”) totalizaram 56 transações 2012, sendo o terceiro segmento que mais concentrou operações no período. Os dados constam da Pesquisa de Fusões e Aquisições realizada trimestralmente pela KPMG. Vale destacar que o ranking inclui 43 segmentos de negócios.

 

O que mais impressiona não é somente estar entre os setores que lideram o ranking, mas, principalmente, o crescimento em relação ao ano anterior, que atingiu 124% (na comparação entre as 56 operações de 2012 e as 25 do ano imediatamente anterior). Mais uma vez, o destaque fica no investimento das empresas estrangeiras comprando empresas brasileira (CB1), que representaram 55,3% das operações (31 transações desse tipo).

 

“Até o ano passado, apesar de contabilizarmos as operações, as Empresas de internet não eram tratadas como um setor separado na nossa pesquisa. Os números de 2012 justificam nossa decisão tomar esse tipo de negócio como um segmento independente. O setor está em constante desenvolvimento, e teve o recorde de crescimento se comparado com as demais linhas de negócios analisadas. Ainda é difícil imaginar qual seria o limite no mundo da internet, por isso acreditamos que a  tendência ainda é de crescimento”, afirma Luis Motta, sócio-líder da área de Fusões e Aquisições da KPMG no Brasil e responsável pela pesquisa.

 

Dados trimestrais

 

Assim como o restante dos segmentos, o de Empresas de internet apresentou queda nos últimos três meses de 2012 quando o resultado é comparado aos trimestres anteriores. Para ilustrar, foram 9 operações entre outubro e dezembro, contra 19 no trimestre anterior, 15 entre abril e junho e 13 no primeiro trimestre do ano passado. Porém, o resultado do último trimestre de 2012 ainda esteve acima dos números de outubro a dezembro de 2011, pois tivemos três transações a mais nessa comparação (9 contra 6, respectivamente).

 

“Em 2012, apesar da participação de brasileiros no protagonismo dos negócios ter sido significativa, ainda, percebemos uma presença pronunciada dos estrangeiros, que atuaram forte, principalmente na ponta compradora. No entanto, o apetite dos estrangeiros recuou consideravelmente ao final do ano, no quarto trimestre”, analisa Motta

 

Número de operações no setor de Empresas de internet em 2012

 

Doméstica

CB1

CB2

CB3

CB4

CB5

Total

12

 31

 2

 -   

 10

 1

 56

 

 

Sobre a Pesquisa

 

A Pesquisa de Fusões e Aquisições da KPMG no Brasil é realizada trimestralmente e apura as operações de fusões e aquisições efetivamente concluídas e divulgadas envolvendo empresas no presente no país.

 

A atual edição do estudo considera as operações de fusões e aquisições anunciadas e concluídas entre 1° de janeiro e 31 de dezembro de 2012. O levantamento é realizado sistematicamente desde 1994.

 

 

Legendas

 

Transações Domésticas: entre empresas de capital brasileiro

CB1: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.

CB2: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no exterior.

CB3: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.

CB4: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida noBrasil.

CB5: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no exterior.

Press Release -  

Cadastre-se agora

Cadastre-se para selecionar os conteúdos de seu interesse e receba atualizações automáticas dos últimos artigos e publicações da KPMG no Brasil.  

 

Já é assinante? Faça o seu Login.  

 

Ainda não é assinante? Cadastre-se.